Dois homens são baleados e um deles morre perto dos Quatro Cantos de Olinda, na noite de abertura do carnaval

Dois homens são baleados e um deles morre perto dos Quatro Cantos de Olinda, na noite de abertura do carnaval

Segundo testemunhas, eles teriam tentado roubar sargento do exército. Vítima do roubo reagiu e baleou os dois. Tiroteio aconteceu pouco depois de governadora Raquel Lyra (PSDB) declarar que carnaval de 2024 "seria o mais seguro da história".

Câmeras de reconhecimento facial podem identificar cerca de 15 mil criminosos no carnaval, diz governo
Carnaval de 2021 está oficialmente suspenso em Pernambuco

Um homem foi morto a tiros e outro foi baleado perto dos Quatro Cantos de Olinda, no Sítio Histórico da cidade, na noite desta quinta-feira (8). De acordo com testemunhas, eles teriam tentado roubar uma pessoa, que seria um sargento do exército. A vítima do roubo reagiu ao assalto e baleou os dois

O fato aconteceu pouco depois de a governadora Raquel Lyra (PSDB), que participava da abertura do carnaval da cidade, na Praça do Carmo, declarar que a festa deste ano seria “a mais segura da história”.

O crime aconteceu em frente a um restaurante, na Rua Prudente de Morais, por volta das 20h. O local é um dos principais pontos em que blocos carnavalescos passam.

Os nomes do homem morto e do suposto sargento do exército não foram divulgados. Pessoas que não quiseram se identificar afirmaram que os homens tentaram roubar uma corrente, ocasionando a reação.

Uma pessoa que mora próximo ao local do crime disse que estava no sofá de casa assistindo à televisão, quando ouviu os tiros. As testemunhas disseram ainda que, no momento dos tiros, as pessoas que estavam na rua correram e tentaram se esconder.

As informações foram confirmadas pelo g1 no local, que entrou em contato com a Polícia Militar e com a Polícia Civil.

Por nota, a Polícia Civil informou que foi acionada e está realizando diligências para esclarecer uma tentativa de assalto a um militar do Exército Brasileiro, no bairro do Carmo, em Olinda.

Segundo a polícia, o militar reagiu e atingiu dois homens que foram levados para a UPA Cidade Tabajara e um deles morreu. O outro homem será autuado em flagrante por tentativa de roubo.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a Polícia Militar “apreendeu um simulacro de arma de fogo com os suspeitos”.

“O militar do Exército se apresentou e está sendo conduzido à sede do DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa). O caso será apurado até a completa elucidação do ocorrido pela 9ª Delegacia de Polícia de Homicídios de Olinda”, disse a Polícia Civil.

Fonte: G1 PE

COMMENTS

WORDPRESS: 0